O novo brasil [sic]

Sonhava com o fim da vagabundagem, da enrolação, do mimimi. Com o dia em que fechariam todos os parques, praças e esses lugares onde nada se faz. Com o fim dos bancos toscos em paradas de ônibus. Tinha que ter era nada pra sentar. Nada! Quem se aguentar em pé que vá, quem não se aguentar que fique em casa. Tem nada que facilitar pra ninguém, não. Que o meu ninguém facilitou. Sonhava com o dia em que o quintalzinho de casa fosse cimentado, liso, limpo. Sem essa sujeira de terra, folha seca. Sem essas lagartas gordas que caem da árvore do vizinho. Aqui não é lugar de árvore. Seria feliz de verdade no dia em que todo mundo fosse só de casa pro trabalho e do trabalho pra casa, de domingo a domingo, que trabalho nunca é demais. Quem trabalha não tem tempo de pensar besteira. Sonhava com o fim do parquinho na esquina. Lugar de criança é na escola, e se não estiver na escola é em casa. Lendo. Lendo, mas não esses livros de bobeiragem, historinha. Historinha pra quê? Tem que ser livro de cálculo, de matemática, de finança. Só assim. Só assim mesmo, porque com esse povo não pode dar brecha. Dá brecha, olha o que dá. Bebida alcoólica tinha que acabar tudo, nem uma cerveja, nada, nada. Começa a beber álcool, de pouquinho, e logo tá faltando no trabalho e dando prejuízo pro patrão. Cigarro? Ah, cigarro tudo bem, né? Que quem fuma consegue trabalhar. Só não pode ficar parando demais o trabalho pra fumar. Porque a vida é aqui, ó, no raciocínio. Tem que tá acordado. Nada tem que ser de graça, nada, nada. É cruel? É, mas é a vida. É assim ou não vai pra frente… … … Só dou graças a deus que minha aposentadoria saiu faz tempo já.

Publicado por

Flávia Siqueira

Escrevinhante

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s